Jéssica Azevedo

Hoje me encontro em meio a um turbilhão de inspirações.
É como se por um momento as palavras tomassem conta de minha cabeça procurando serem entrelaçadas em versos, rimas ou qualquer que seja a demonstração.
Elas são como os bebês puxando a roupa da mãe pedindo alimento.
Me encontro cercada pelo dom da escrita.
Desejo quebrar regras e avançar fronteiras.
Seria isso sintomas de [des]amor?
Das duas uma...
Sei apenas que quero colocar para fora tudo aquilo que me deixa feliz,
mas também, tudo aquilo que se encontra engasgado em minha garganta e
naufragado em meus pensamentos indignando e entristecendo-me.
Hoje é o dia,
Aquele em que podemos ser felizes.
Que podemos desabafar.
E acima de tudo nos resumir em códigos
Nos decifrar em incógnitas
(...)
Se isso for possível em tão pouca fração de tempo!
| edit post
Reações: