Jéssica Azevedo

Dizem que o tempo cura tudo, cicatriza, sara, faz esquecer desamores, desilusões ou ilusões mesmo, aquelas criadas acerca de algo ou alguém, mas confesso que pra mim esse “tempo” tem passado tão lentamente, ou seria apenas a vontade de não querer te esquecer? De viver os planos, sonhos, sentimentos que outrora compartilhamos? De viver tudo aquilo que foi pensado, que foi dito? Não sei se sou tão forte como tenho demonstrado ser ou se é apenas uma representação na busca incessante de esconder minha fraqueza. No momento só consigo pensar em ficar de pé, de seguir adiante, de avançar, de ter fé, de acreditar que algo vai surgir a qualquer momento... Decidi, arrumei as malas, parti, coloquei os sentimentos amarrotados amontoados junto com os sonhos ainda não realizados dentro de um compartimento cúbico de viagem. Mas o que fazer com as decepções?É só me resta esperar para que aquele velho “tempo” chegue logo e cure tudo...                                                                                                          

                                                                                                                       (Má Morais)
| edit post
Reações: 
1 Response
  1. Lyv Says:

    Preciso fazer isso: "Decidi, arrumei as malas, parti, coloquei os sentimentos amarrotados amontoados junto com os sonhos ainda não realizados dentro de um compartimento cúbico de viagem."
    Lindo teu blog, guria.

    http://delicadoeu.blogspot.com/
    Espero que venha ao meu cantinho.
    Au revoir!